Publicado por: iomarbatista | 6 de janeiro de 2011

Seja Transparente

Para obter credibilidade, o empreendedor precisa apresentar adjetivos que o torna bem aceito por todos. A transparência precisa ser seguida como a meta que leva o negócio ao sucesso. Quando se fala em transparência, lembre-se da água cristalina, de um vidro incolor, você ver tudo que está do outro lado, neste caso a intenção é dar a maior nitidez possível a tudo que se faz, de modo que não se veja possibilidade de levantar suspeita.
Não estou dando idéias aqui de fazer as falcatruas de maneira bem elaboradas, onde ninguém sabe como encontrar os desvios. Neste caso há a suspeita de desonestidade, mais não se é capaz de provar de fato. Aqui falo da ética que temos que ter, da integridade e da confiança que outros depositam em nós. A intenção é que todos confiem e até o ponto de colocarem a “mão no fogo” qual seja, não ter medo de se queimar por conhecer tão bem a nossa índole.
Na verdadeira transparência está embutida a retidão, a inocência e as qualidades de quem é ético, isto incita o auto julgamento, tendo idéias de valores e medidas, distinguindo o bem e o mal, sendo-se lícito na abrangência mais ampla da palavra.
A independência, o apartidarismo, a imparcialidade e o pluralismo, fazem parte de quem é transparente. Fantástico é quando o líder se torna capaz de difundir e irradiar estas qualidades para todos com os quais convive e se isto tender a virar uma “bola de neve”, contagiando aqueles que nos cerca, “ai nem me fale, ficará bom demais”! Ser exemplar é difícil, mas quando se é todos querem seguir este padrão.
Hoje o Brasil vive um dos momentos da história que mais tem aparecido corrupção. Ficasse a impressão que o nosso país é uma nação desmoralizada. Será que a corrupção no Brasil começou há pouco tempo, ou vem de longas datas. Vale a reflexão, mas para este momento o mais importante é que tudo seja desvendado e levado ao conhecimento de todos. Todavia, com estas informações chegando ao público, isto tenderá a gerar situações positivas para o futuro, fazendo com que a transparência possa se tornar mais forte que a corrupção. Agora acredito que os indignos terão mais medo de praticar atos ilícitos, pois a população e os demais poderes estarão mais propensos a fiscalizar melhor os recursos públicos.
Se o cidadão tem o direito, também tem o dever de participar, o Estado, através das suas instituições, tem a obrigação legal e ética de agir com transparência, tornando publica e acessível toda e qualquer informação, para que a democracia de direito, seja uma democracia de fato. Vamos criar uma onda positiva de honestidade, que possa contagiar e entusiasmar os outros a praticarem seus atos de maneira transparente. A proposta é que também as pessoas de má índole também possam serem influenciados e sigam esse mesmo caminho, parece ser utópico, mais temos que crer que isto pode acontecer. Acredite!

José Iomar Batista da Silva
Economista – Pós Graduado em Gestão Consultoria e Projeto
Consultor do Sebrae/Ce
Fundador do http://www.sitedoempreendedor.com.br

Nossos artigos podem ser publicados desde que citado o autor com os dados acima.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: