Publicado por: iomarbatista | 20 de abril de 2011

O Empreendedor no Caminho Certo

Todo negócio envolve produto e/ou serviço (P& S), cujos atributos deve ser satisfazer as exigências dos clientes, ofertando soluções para as suas necessidades, com vista a resolver os problemas dos consumidores. Toda empresa deve ofertar produto e serviço com algum diferencial, ou seja, com vantagens a mais que os concorrentes, na intenção de mostrar que o seu P&S é especial diante dos produtos e serviços dos concorrentes.
Este modo dissemelhante de exibir o P&S, pode está ligado a qualidade, ao conforto, ao tamanho, ao tempo, a embalagem, a funcionalidade… São estas e outras características que tornaram o Produto/Serviço atraentes para o tipo de consumidor visado. Mas, também o negócio pode oferecer benefícios extras para atender as necessidades de seus clientes. Desta forma, contam como diferencial: a entrega, a instalação, a garantia, o serviço pós-venda, a cortesia dos recursos humanos… Perceba que esta diversidade de vantagens do P&S darão maior competitividade ao produtos e/ou serviço ofertado.
Será que o preço também poderá influenciar na aquisição dos P&S, vai depender da modalidade de cliente focada. Alguns consumidores têm a preferência de ir escolher e conhecer “in loco” o P&S, buscando o menor preço, outros são mais cômodo ou têm pouco tempo disponível e preferem pagar mais caro. Definir o preço neste caso requer muita atenção, pois o seu preço poderá ser maior, mais o cliente tem interesse em pagar por outros custos que estão embutidos no P&S. É importante que a empresa tenha bem computado os custos dos produtos ou serviços, para não ficar no prejuízo, levando o negócio ao fracasso.
O empreendimento pode realizar promoções e propagandas. As formas de divulgação através dos meios de comunicação como jornais, tv, Internet, revistas, folhetos, etc., tendem a levar os consumidores a comprar sendo estas as ferramentas mais usadas pelos lojistas. As promoções também são incentivos úteis no curto prazo e podem provocar um grande aumento nas vendas de um produto ou serviço. O oferecimento de outros benefícios imediatos ao demandador: concursos, liquidações, amostras grátis, brindes, cupons, etc., inclinará o negócio a obter bons resultados.
Em algumas oportunidades também se deve aplicar a ferramenta de relações públicas, através de ações bem planejadas para melhorar, manter ou proteger a imagem da empresa. É relevante preservar o bom relacionamento com clientes, fornecedores e com colaboradores em geral. Esta ação pode ser desempenhada por meio de um cadastro atualizado dos mesmos, de modo que será possível enviar informações via mala direta, ou promoções, cartões de natal, de aniversário, entregar brindes no fim do ano… Estas são maneiras de mostrar para o cliente que o empreendimento lembra do mesmo e que ele faz parte da vida da empresa, sendo importante para esta.
A localização e a fachada do ponto de venda requer atenção, o visual da frontaria do empreendimento deve ser chamativo, provocando no cliente a intenção de ir conhecer ou comprar. Quando se trata de comércio e alguns tipos de serviços, a localização deve ser em lugares onde há grande circulação de consumidores, para que o negócio seja exposto ao maior número de pessoa possível. Em caso de indústrias e demais serviços, a instalação pode ser na periferia.
Porém, para estes casos é preciso saber fazer a oferta dos P&S, levando o produto ou serviço disponibilizado aos pontos comercias ou as mãos do consumidor final. As parcerias com atacadista e varejista, pode ser eficaz. Deve-se ter delicadeza no encaminhamento dos produtos para transporte, de modo que este possa chegar até o consumidor intacto. Saliento que o canal de distribuição tem que ser eficiente, pois no percurso seguido pelo produto até chegar ao atacadistas, varejistas, representantes de vendas, feiras, sacoleiras ou as mãos do consumidor, passa-se por várias etapas.
Para empresas com maior espaço, vale o alerta no que concerne a disposição das mercadorias para chamar a atenção do cliente. A sinalização interna da loja, por exemplo, ajuda o cliente a encontrar o que quer, a decoração interna e externa também contam como ponto positivo, incitando o consumidor a visitar o empreendimento e ainda a comprar. Desta forma, as cores, a iluminação (quanto mais melhor) e os enfeites sempre contribuem para encantar o cliente. Lembrar que a limpeza também deve ser levada em considerada.
Por fim a empresa não pode deixar de preparar o seu pessoal de atendimento. O vendedor é uma “peça” assazmente importante em qualquer negócio. Este deve ter boa capacidade de persuasão direta aos clientes, tanto utilizando mostruário, como por telefone. Assim, evidentemente o vendedor tem que ter preparo e conhecer o produto; ser cortês e dar a devida atenção no tratamento com clientes; ser ético, é melhor perder a venda do que o cliente; não atuar dando um empurrãozinho, ajudando o cliente a decidir, o freguês deve ter plena liberdade, caso peça sugestão o consultor poderá contribuir; evitar apatia, indelicadezas; ter boa apresentação pessoal. Todos este procedimento são essências para impressionar o consumidor. Lembre-se que tudo isto ajuda a vender a imagem da empresa.

José Iomar Batista da Silva
Economista – Pós Graduado em Gestão Consultoria e Projeto
Consultor do Sebrae/Ce
Fundador do http://www.sitedoempreendedor.com.br

Nossos artigos podem ser publicados desde que citado o autor com os dados acima.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: